Poesias

Contra o Vento

Cada um
vive à sua maneira.
Eu, por mim,
n√£o morrerei
nada além
do que j√° morri,
e n√£o mais urinarei
contra o vento.


05/10/2010

 

 

Site da Rede Artistas Gaúchos desenvolvido por wwsites