Poesias

Natureza Morta

Como privar um tigre
de suas garras, dos dentes –
um rinoceronte de seu chifre,
da couraça, sem matar
a natureza de seus instintos,
sem mudar o destino de suas presas,
a condição fatal de seus inimigos?


07/09/2010

 

 

Site da Rede Artistas Gaúchos desenvolvido por wwsites