Poesias

Dias de Coice

Se montas no teu cavalo
a fustigar o destino com açoites
aceita os dias de tombo
e os dias de coice, os flagelos,
como se fora tua vida o vento,
a noite, o pássaro e o cavalo todo.


07/09/2010

 

 

Site da Rede Artistas Gaúchos desenvolvido por wwsites